• Menton Viagens

10 lugares incríveis para conhecer no mundo

Para ajudar aqueles que já estão planejando qual vai ser o destino da próxima viagem, escolhemos 10 lugares espetaculares pelo mundo, dignos de um belo porta-retratos.


Bora Bora, Polinésia Francesa

Banhada pelo pacífico, essa ilha na Polinésia Francesa, tem uma das vistas mais lindas do mundo. É rodeada de ilhotas conhecidas localmente como “motus”, com lindas praias de areias brancas e mar de águas cristalinas azul-turquesa. Além disso, é protegida por recifes de coral, fazendo com que seja um destino ideal para a prática de mergulho. A melhor época para visitar a ilha é de maio a outubro, com clima seco e fresco, especialmente de julho a setembro.


A ilha fica a 50 minutos de avião de Papeete, capital da Polinésia Francesa e é representada pelo consulado francês, portanto, não é necessário visto para visitar a ilha. Você poderá escolher ficar na ilha principal, em alguma de suas pousadas e hotéis ou em algum dos “motus”, onde os hotéis oferecem maior luxo e privacidade e onde estão os famosos bangalôs sobre as águas. Para quem busca por uma vivência mais privativa, são nos hotéis das ilhotas onde é possível ter uma verdadeira experiência exclusiva.


Ilhas Maldivas

Um dos arquipélagos mais cobiçados do mundo, as Ilhas Maldivas ficam na Ásia Meridional, ao sul da Índia e Sri Lanka e suas ilhas se dividem em duas categorias: as privadas, que são onde incríveis resorts estão localizados e as nativas, onde vivem os locais. A experiência nos resorts é muito exclusiva e permite relaxar com todo o conforto e sofisticação aproveitando o mar azul, as areias claras e o clima local. A melhor época de visitar as ilhas é de Novembro a Abril.


Para chegar nas Maldivas, não é necessário o visto, porém precisa apresentar o certificado internacional da vacina da febre amarela. A chegada é feita pelo aeroporto internacional, localizado na capital, Male, e o transporte até o resort da sua escolha pode ser feito de barco ou hidroavião, o que já é uma experiência a parte. A oferta de resorts é impressionante, cada um especializado em promover a melhor experiência ao hóspede, seja na recepção, no serviço, em cada bangalô ou nas atividades promovidas para seus clientes.



Raja Ampat, Indonésia



Na Papua Ocidental, este conjunto de ilhas encanta seus visitantes. Raja Ampat fica no triângulo dos corais, região conhecida por sua extensa biodiversidade (com cerca de 75% das espécies marinhas), criando as melhores condições para mergulho do planeta. Um país que consegue unir romantismo, aventura e muitas atividades em meio à natureza. O difícil é saber para onde olhar. De outubro a dezembro é a melhor época para ir.


Chegar em Raja Ampat leva tempo, quase três dias de viagem, envolvendo diversas conexões e uma parte do trajeto de barco. Entretanto, ao chegar na primeira Ilha, você nem vai ligar para o trajeto de vinda ou para o jetlag, esse paraíso praticamente intocado vai te surpreender. Para este destino, não é preciso visto, entretanto, você vai precisar do certificado internacional da vacina da febre amarela. Espalhados em suas ilhas, há diversas opções de hospedagem, porém, a melhor experiência é navegando pelas ilhas em barcos sofisticados com uma tripulação muito experiente.


Patagônia, Argentina



Paisagem composta por montanhas cobertas de neve, natureza selvagem, lagos, glaciares e animais raros, a Patagônia Argentina é definitivamente um lugar para se desconectar e esquecer do mundo. Entre os meses de novembro e março, os dias são mais longos e as temperaturas são mais amenas. Mas se preferir, entre os meses de maio a outubro é o período mais gelado, que garantem experiências únicas aos seus visitantes. 


Para os brasileiros, a Patagônia não está muito longe, portanto, há diversas formas de chegar até a região, sendo a mais rápida, de avião. A região também oferece diversas opções de hospedagem, entretanto nada se compara à diversidade de atividades para desempenhar. Passeios de Caiaque nos lagos, trekking nas montanhas no verão, ou esqui e snowboard no inverno, a Patagônia sempre tem algo a oferecer.


Rainbow Mountains, China


Localizadas no Parque Nacional Zhangye Danxia, na província de Gansu, noroeste da China, as montanhas arco-íris chinesas são reconhecidas como uma das "10 maravilhas geográficas do mundo", pela National Geographic. Suas cores sobrenaturais as fazem conhecidas e o local foi declarado como Patrimônio Mundial da UNESCO em 2009. Para a montagem desse cenário foi necessário séculos de mudanças tectônicas, condições climáticas e a erosão dos leitos sedimentares terrígenos vermelhos.


Para poder presenciar esse espetáculo da natureza, o caminho mais curto é de avião. partindo de Pequim, há duas opções: um voo de 5h30 até a cidade de Zhangye ou um voo de 2h até a cidade de Lanzhou, que fica a 500km de Zhangye, trajeto que pode ser feito de trem. A China exige visto para os brasileiros e o comprovante de vacina contra a febre amarela.


Salar de Uyuni, Bolívia

Nada mais, nada menos que o maior deserto de sal do mundo, o Salar de Uyuni, fica na cidade de mesmo nome, na Bolívia, encostado na Cordilheira dos Andes, que é o motivo principal da sua existência. Durante o período de seca (junho a agosto), é possível explorar o Salar de maneira integral e se deparar com o chão craquelado em formas geográficas, porém as temperaturas são mais baixas. De dezembro a março é quando se pode ver o Salar espelhado, quando uma fina camada de água faz o Salar refletir como um espelho.


Para chegar a esta região, a forma mais rápida é de avião. A partir da Bolívia, é possível pegar um voo de La Paz até Uyuni, que tem duração de 2h. Também é possível chegar de carro através de São Pedro de Atacama, no Chile, numa viagem cheia de atrativos e que dura o dia inteiro. Opção perfeita para quem gosta de aventura! Nenhum dos dois países exige visto para turistas, porém a Bolívia exige o comprovante da vacina contra a febre amarela.


Parque Nacional de Banff, Canadá

Nas Montanhas Rochosas do Canadá, este parque reúne uma vista estonteante. Com glaceares imponentes e picos nevados, vastas florestas de coníferas, rios caudalosos e lagos de diversas cores, o Parque Nacional de Banff oferece um cenário inacreditável. De junho a setembro, melhor época para visitar o parque, é possível aproveitar suas trilhas, muito bem demarcadas e divididas em diferentes níveis de dificuldade (incluindo aquelas que podem ser feitas com crianças).


A chegada a Banff se dá através de Calgary, cidade mais populosa próxima à região do parque. Calgary pode ser acessada por avião através de cidades canadenses e estadunidenses como Vancouver, Toronto, Montreal, Boston, Nova York e Seattle. Tanto Canadá como Estados Unidos exigem visto para os brasileiros.


Parco Nazionale Plivice, Croácia

A Croácia possui uma das paisagens mais lindas do mundo. O Parque dos Lagos Plitvice, é formado de 16 lagos cuja a água muda de cor, do azul turquesa ao verde esmeralda. Todos estes lagos são interligados por inúmeras cachoeiras e se divide em duas partes: os “lagos baixos” e os “lagos altos”. Dizem que os baixos ganham na beleza por estarem ligados à maior cachoeira da Croácia. Os melhores meses para visitar o parque são durante o verão europeu, com maior possibilidade de dias ensolarados perfeito para realizar as trilhas.


Este parque fica bem no centro da Croácia, a cerca de 133km da capital Zagreb, tranquilo para quem quer deixar a capital como base e se aventurar em um passeio de dia inteiro para conhecer o parque. O melhor horário para aproveitar é das 10h às 15h. O Parque também fica próximo do balneário de Split, contendo ótimas combinações para aproveitar esse destino. A Croácia não exige visto para a entrada de turistas brasileiros no país.


Cinque Terre, Itália

Patrimônio da Unesco, o Cinque Terre (Cinco Terras) é um dos menores e mais populosos parques nacionais da Itália. Riomaggiore, Manarola, Corniglia, Vernazza e Monterossa formam essa região mais que especial, cenário com uma paisagem natural que se mistura com as edificações coloridas e trilhas que interligam as cinco vilas. Para quem quer aproveitar a alta temporada, mas sem tumulto nem tarifas tão altas, o período de final de maio a final de junho é a melhor opção.


Cinque Terre fica mais distante de Milão e Roma, cerca de três a quatro horas. Portanto, as opções mais próximas são Florença, Pisa e Genova, todas possíveis de trajeto por trem. Este é um passeio que é possível de fazer em um dia, porém, também é possível percorrer com calma numa estadia de no mínimo uma noite e realmente aproveitar o que este destino belíssimo tem a oferecer. A Itália não exige visto para turistas brasileiros.


Santorini, Grécia

Uma das mais encantadoras ilhas gregas, Santorini (ou Thira, em grego) é um encanto aos olhos. Rodeada de uma caldeira vulcânica esta ilha produz um cenário sem outro para comparar. Os povoados com suas fachadas brancas e suas igrejas de domo azul são um adicional ao charme da ilha que possui um pôr do sol considerado um dos mais lindos do mundo. Para quem quer algo que vai além dos cartões postais, a baía de Ammoudi e as escavações de Akrotiri. Para aproveitar os atributos de Santorini, a melhor época para viajar é durante o verão europeu, porém, para evitar o tumulto da alta temporada, maio e setembro podem ser meses mais tranquilos.


Para chegar a Santorini, o meio mais prático é o aéreo. Santorini tem aeroporto próprio e é possível chegar a ele através de conexão em Athenas ou em outras capitais europeias. Também é possível fazer o trajeto de barco, a partir da capital grega ou de outras ilhas próximas. A Grécia exige visto eletrônico para turistas brasileiros.



Com tantos destinos incríveis fica difícil escolher qual vai ser o próximo. Porém isso não impede que você já comece a planejar sua próxima viagem. Qual o seu favorito?



Gostaria de mais informações? Entre em contato conosco.

menton@menton.com.br

(48) 98836-9671 ou (48) 3025-3334

21 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Entre em contato conosco para fazer sua reserva de hotel e/ou passagem aérea:

 (48) 3025-3334

(48) 98836-9671

menton@menton.com.br

 

Conheça mais sobre a Menton Viagens:

www.menton.com.br

  • Facebook
  • Instagram

MENTON VIAGENS E TURISMO
 Embratur 1623200410 – SNEA 7201 – TIDS 96345211
menton@menton.com.br